Esta é a galeria para apresentação das malhas. Aqui você irá encontrar todas as informações necessárias para conhecer melhor os tipos de tecídos que podemos desenvolver suas peças.

Mas caso queira trabalhar com outras bases, não deixe de nos consultar para maiores detalhes.

TIPOS DE MALHAS E FIOS.

Fios: Classificados por sua espessura. Ex.: 20.1, 24.1, 26.1, 30.1, 40.1, 50.1.

Quanto mais alto é o número do fio, mais fino ele é.

Os fios 40.1 e 50.1, por exemplo, são muito empregados na indústria de lingerie.

O fio 30.1 é muito usado em camisetas por ser o de produção mais simples, com farta oferta deste tipo de fio no mercado.

Tipos de malha:

CARDADA: Toda malha ao ficar pronta recebe o nome de cardada. Sem passar por nenhum beneficiamento adicional, sua qualidade estará diretamente ligada aos cuidados e controles no processo de fabricação.

MERCERIZADA: Recurso utilizado para tornar a malha cardada mais resistente à torção retira os excessos de pelos e bolinhas conferindo certo brilho no produto final.

PENTEADA: É o melhor processo de beneficiamento em uso atualmente. Como o nome indica, a malha passa por máquinas equipadas com “pentes” que, além de retirar todas as impurezas ainda presentes no algodão, tornam o tecido mais resistente à torção, mais macio, confortável e bonito por muito mais tempo. Por sua durabilidade compensa o custo um pouco mais elevado.

GRAMATURA: Item fundamental na percepção de qualidade pelo usuário é o que indica o peso da malha, se ela é rala ou encorpada. Expressa em gramas por metro quadrado (p.ex.: 160 g/m2)

As gramaturas mais usadas são:

130 g/m2 – malha muito leve, usada principalmente em campanhas políticas.

140 ou 145 g/m2 – malha intermediária, de baixo custo, ideal para ações com larga distribuição.

160 g/m2 – malha padrão do mercado promocional apresenta boa relação custo/benefício.

180 g/m2 – malha de primeira linha, cujo custo um pouco mais elevado a recomenda para ações em que o público alvo seja mais exigente ou diferenciado.

200 g/m2 – malha bastante encorpada, quase sempre destinada à exportação e para os estados do sul do Brasil onde o frio seja mais rigoroso.

210 g/m2 – gramatura padrão para malha Piquet, usada na confecção de camisa polo.

COMPOSIÇÃO:

As malhas podem ser:

Compostas com fio 100% algodão (naturais mais confortáveis permitindo a transpiração normal do corpo humano)

Compostas por uma combinação de fios naturais (algodão) e sintéticos (poliéster ou viscose) Ex.: as chamadas malhas frias. Dão a impressão de frescor, mas, além de dificultar a respiração da pele, esquentam muito quando expostas ao sol.

Há, ainda, a chamada “malha ecológica” que mescla fio 100% algodão com um fio sintético produzido a partir da reciclagem de garrafas pet. Macias e com a mesma aparência de uma malha de algodão agregam um forte apelo de preservação ambiental.

 

Digiart Ind. e Com. Ltda - Cnpj 04.846.451/0001-03

Av. Gal. Marciano Magalhães, 628 - CEP 25630-406 - Petrópolis-RJ